Seminário da Emater debate políticas públicas e fortalece agricultura familiar de Marabá

O evento visa repassar informações dos programas e créditos rurais para lideranças disseminarem nos assentamentos

15/09/2023 14h43 - Atualizada em 20/05/2024 23h00
Por

Foto: Divulgação

Produtores rurais, presidentes de associações, líderes de assentamentos, universitários, representantes de órgãos estaduais e federais participam hoje, sexta-feira (15), do Seminário “Políticas Públicas para o fortalecimento da agricultura familiar em Marabá- Desafios, potencialidades e impactos”, coordenado pelo escritório local da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará), em Marabá, sudeste estadual, no auditório do Ministério Público Estadual. 

Na abertura do evento, que tem como objetivo maior levar políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e ainda fortalecer as parcerias com órgãos municipais e federais, compuseram a mesa representantes da Emater, Instituto Federal do Pará (IFPA- Campus Rural), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Adepará, Secretaria de Agricultura de Marabá, Secretaria Regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará, Ministério Público e Incra.

O chefe local da Emater, Aguiberto Alves, o Zico, enfatizou que falta conhecimento para o homem do campo e por isso o evento visa repassar informações dos programas e créditos rurais para lideranças disseminarem nos assentamentos.

“Convidamos todas as esferas e temos uma participação em massa das pessoas, porque compreendemos que somente unindo forças é que conseguimos fazer aquilo que o agricultor precisa para melhorar a sua qualidade de vida. A ideia é que desse seminário possamos gerar demandas na zona rural, nas associações, nos assentamentos e que a Emater, junto com as entidades parceiras, possam também ir a campo, contribuir com soluções alternativas para o desenvolvimento da agricultura familiar, quer seja ministrando palestras, realizando visitas técnicas ou elaborando projetos de crédito rural”, explica Zico.

Foto: Divulgação

 O chefe do escritório da Emater de Marabá ainda destacou duas palestras importantes no evento acerca do Programa Nacional de Alimentação Escolar e sobre o Programa de Aquisição de Alimento, o PAA, além de falar também do Terra Brasil- PNCF, que é um programa onde o Governo financia a propriedade para aquelas pessoas que se enquadram, comprarem a sua terra.

Para o secretário regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará, João Chamon Neto, o seminário é uma meta pré-estabelecida do Governo do Estado, a fim de fomentar políticas públicas cada vez mais permanentes e mais benéficas para o homem do campo, principalmente para a agricultura familiar.

“Devemos construir políticas públicas para que a nossa agricultura familiar, tão importante para a vida do cidadão, possa ser cada vez mais respeitada e beneficiada com ações e atos que ajudem e façam com que esse alimento que chega à nossa mesa, dando aos produtores as condições necessárias, incluindo assistência técnica e financeira para aqueles que ficam na ponta, no dia a dia do setor rural. Às vezes precisando de uma estrada, precisando de um financiamento, precisando de regularização fundiária”, observa João Chamon Neto.

Foto: Divulgação

O agricultor José da Silva Carneiro veio do Projeto de Assentamento Palmeira Jussara, zona rural de Marabá, para participar do evento. “É muito gratificante ficar informado, porque às vezes o agricultor é muito leigo. Ele não tem informação, e a gente pode participar deste seminário e levar informação para o agricultor. Muitas vezes o agricultor não conhece nem o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e nem tem a documentação necessária. Então aqui o agricultor aprende como se regularizar e participar”, conta ele.

Texto: Emilly Coelho (Ascom/Secretaria Regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará)

Foto: Divulgação


Foto: Divulgação